Bio-Oil – Será que cumpre o que promete?


Oi gente! Como prometido, voltei pra postar as reviews dos produtos que estive usando nos ultimos tempos… E o Bio-oil é o primeiro, porque ele promete MUITO, e faz bem pouquinho…
A embalagem (tem foto dela ali embaixo!) é pequena, com 60ml -mas dura muito e o preço é justo: paguei 29 dilmas. A consistencia é levinha, e embora seja um óleo (dããã), não fica pegajoso e brilhante no rosto – por incrivel que pareça!
O cheiro não é gostoso, mas não é insuportavel.
Não sei descrever, parece cheiro de mascara hidratante para cabelos, de farmacia… No rosto ele leva séculos pra ser absorvido. Sim, eu passo bastante, por motivos de: Porque sim.
Sobre os resultados… Eles sugerem que você use pelo menos 3 meses pra vê-los – estou usando todos os dias há 4 meses e não vi diferença nas minhas manchinhas de acne (meu pesadelo…).
Ele melhora a hidratação da pele, não posso negar, mas entre Bio-oil e meu querido Toleriane (La Roche-Posay), fico mil vezes com o segundo!
A caixa promete um oleo milagroso, que atenua linhas de expressão, acne, manchas, estrias, pele seca…
Eu não tive nenhum resultado surpreendente, e pra mim o Bio-Oil é só mais uma decepção com produtos da moda! E você, já usou? O que achou dele?

Beijos, amores! :*

Posted using Tinydesk: WordPress blog editor

Voltei pra ficar!


Oi, gente! Depois de algumas idas e vindas, de ficar completamente sem tempo e ser tomada pelas minhas duas funções principais – trabalhar e ser mãe, resolvi voltar pra cá! A partir de agora quero focar um pouco nos produtos “da moda” que eu testei… E detestei! Tive bastante tempo pra usar esses cosméticos que estão sendo ‘endeusados’ por aí em lojinhas de instagram e pelo facebook, e pra falar a verdade, alguns além de perda de tempo – foram uma perda horrorosa de dinheiro! Decepção total… Então, a partir de agora tentarei fazer posts diários, ilustrados e bem explicados como sempre! Obrigada pelas mensagens carinhosas pedindo pra que eu voltasse a escrever, é por cada uma delas que estou aqui!

Beijos, até amanhã (se o Alêzinho deixar, né?) 

:***